quarta-feira, 17 de março de 2010

Pérolas Maternas

Mamis, uma das criaturas mais machistas, teimosas, preconceituosas, possessivas, cabeça-dura e ciumentas que existem neste mundo é capaz de proferir impropérios frequentemente vez ou outra - logicamente concebidos no bojo dos seus valores.

Nós duas dividimos o quarto, o que me obriga a suportar novelas enquanto tento ficar no meu canto - e o melhor é ela falando que eu fico muito no PC. Por que será que eu fico tanto no único cômodo da casa no qual não tem ninguém além de mim?

Um dia desses, no qual eu purgava fazia companhia pra minha mãe enquanto passava a merda da novela das 18 horas, ela conseguiu, ao meu ver, o Troféu Groselha 2010.

Puta que pariu, vou precisar explicar ¬¬". Bom, na caralha da novela filha do cão tem um rapazinho - filho da protagonista - surdo. Ele tinha uma namoradinha (aqui chamada de Menina A, porque não me lembro dos nomes daquela porra e me recuso a procurar isso na internet) e uma amiga de infância que arrastava um bonde por ele (aqui chamada de Menina B).

Pelo o que eu lembro de ficar no quarto e das propagandas, no começo o Surdinho tinha um tre-le-le qualquer com a Menina A e só um pouco depois eles engataram um namoro. Enquanto isso a Menina B tava lá jogada pra escanteio.

Porém, lá pelas tantas, o Surdinho terminou com a Menina A pois havia se apaixonado pela Menina B. Sim, a Menina A ficou tristinha e choramingou um pouco. Mas como sobrinha do protagonista e filha perfeitinha do casal quase-perfeitinho, ela logo superou e hoje se relaciona até que bem com o ex-namoradinho e a Menina B.

E foi nessa virada que minha mãe falou merda.

Acho que estava passando a cena na qual o Surdinho explicava pra Menina A que ia trocá-la não a "amava" mais e queria ficar com a Menina B. Até aí, tudo bem. Mas minha mãe precisava abrir a boca ¬¬. Tentarei reproduzir nosso diálogo a seguir.

MÃE: Esse menino de surdo não tem nada. Ele é muito esperto. [grifo meu]
EU: Mas surdez não tem relação nenhuma com com esperteza ou burrice.
MÃE: Ele é muito esperto.
EU: ¬¬" Surdez não tem nada a ver com esperteza, inteligência ou burrice. Beethoven era surdo.
MÃE: Beethoven tinha mulher?

... ¬¬"

É de cair o cu da bunda.

Eu tinha pensado em várias coisas para refletir, mas deixa pra lá. Comenta aí se quiser.

2 comentários:

Dotôra disse...

HAUHAUHUHAUHAUHUHAUHAUHAUHUHAUHAUHHUAHUAHUHUAHUAUHUHAHUAHUHUAUHAHUUHAUHAUHAHUUHA
Tive professores que estariam tendo ataques epiléticos ao ler isso XD
Mas é coisa de gente antiga, que valoriza tanto o casamento, o relacionamento... E acha que deficiente não tem capacidade pra fazer essas coisas... Só os da novela mesmo =P

Ana Duarte disse...

Eu quase tive um ataque epilético. ¬¬"